Social

Vídeos

/

23 Fevereiro 2017

Mãe solteira com 4 filhos (2 com autismo) ganhou o EUROMILHÕES

Beverley Doran, de 37 anos, mãe de quatro filhos, vivia numa casa de habitação social em Shipley, na Inglaterra, mas cancelou esta semana os subsídios no valor de 358 euros por semana, que tem recebido nos últimos dois anos, depois de ter ganho o Euromilhões.

Doran colocou o boletim da sorte, depois de ter ganho 60 euros numa aposta feita na quarta-feira, tornando-se milionária ao ganhar cerca de 17 milhões de euros depois de acertar em todos os números do Euromilhões da passada sexta-feira.

"Eu ainda estava a acordar quando fiz login na minha conta. Eu vi o montante do jackpot, mas não consegui perceber quanto tinha ganho. Devagar apercebi-me de que o vencedor era da Grã–Bretanha, e que essa pessoa era eu. Saltei da cama e corri para o quarto do meu filho mais velho. Ele estava a dormir mas eu estava a gritar 'eu ganhei o Euromilhões. Eu sou milionária'. Tudo o que ele dizia era 'do que estás a falar?'. Foi de loucos, a minha cabeça estava a girar e nada fazia sentido. Eu gaguejei para o meu filho, caí no chão e comecei a chorar e a tremer", contou Doran numa entrevista.

O anuncio foi feito ontem e Doran abriu champanhe, mas não bebeu pois é alérgica e diz que fica como uma lagosta com um pequeno gole.

Esta mãe de 4 filhos com 17, 10, 9 e 5 anos (dois deles com autismo), está separada do ex-marido há sete meses. "Tem sido uma luta financeiramente, a assistente social quase deixou cair o telefone, quando lhe disse que tinha ganho o prémio", comentou Doran.

Entretanto o ex-marido já reagiu à notícia no Facebook, dizendo que a mulher já lhe garantiu que ele não vai ver nem um cêntimo.

"É fantástico pensar que não tenho que lutar outra vez. Antes todo o meu dinheiro era direcionado para as crianças e eu andava em farrapos. Agora até posso comprar um avião! Eu sofri de depressão, só de pensar o que iria acontecer aos meus filhos. Ainda estou à espera que venha alguém e rebente a minha bolha. Acho que estou a sonhar", revelou Doran.

No passado sábado e domingo "mimou-se" com um fim de semana de luxo em Harrogate, a norte de Yorkshire, mas teve que pedir emprestado perto de 1200 euros a um amigo, para poder pagar esta pequena "extravagância".

A primeira compra já está escolhida: uma nova casa, para que ela e a sua família possam sair da habitação social. Beverley tinha reservado umas férias em família antes de ganhar o prémio, uma viagem a Portugal em agosto e brincou que ainda tinha 1200 euros para pagar.

Este prémio é uma vitória para esta mãe lutadora, que teve de deixar o seu trabalho como rececionista, depois de dois dos seus filhos terem sido diagnosticados com autismo em 2015.

VAIS GOSTAR: