Social

Imagens

/

12 Janeiro 2017

A sessão fotográfica emocionante dos gémeos que não tiveram muito tempo para viver juntos

Lyndsay e Matthew Brentlinger, de Ohio, nos Estados Unidos, foram pais dos gémeos William e Reagan no passado dia 17 de dezembro de 2016, depois de tentar ter um bebé durante vários anos.

Na 23ª semana de gestação, o casal foi informado que um dos filhos seria um nado-morto (feto que morreu dentro do útero ou durante o parto).

Surpreendentemente, o pequeno William sobreviveu ao nascimento e permaneceu com a sua família durante 11 dias, mas acabou por morrer pois nasceu com vários problemas e apenas o lado direito do seu coração estava a funcionar.

"Eu chorei a primeira vez que olhei para eles... e ainda choro às vezes", contou Lyndsay. Matthew revelou que "estes foram os 11 dias mais felizes da minha vida".

De forma a aproveitar ao máximo o tempo juntos, um fotógrafo profissional aceitou fazer uma sessão fotográfica emocionante de William e da sua irmã gémea pouco antes do Natal.

O fotógrafo comentou que "as imagens são apenas lembranças, eu sei o quanto as pessoas as apreciam e fiquei muito feliz por poder fazer isto por elas. E como podem ver, apesar de William não estar mais connosco, ele viverá eternamente nestas lindas fotos com os seus pais e irmã gémea".

VAIS GOSTAR: